© 2017 por IBEN | Instituto Brasil de Educação e Negócios

Bahia | Brasil

(77) 3422-4160 | 3421-8571

  • fb_icon_325x325
  • instagram
  • twitter-logo_318-40459
  • Linkedin

Contato

BLOG

Como se tornar uma referência no mercado de Engenharia de Alta Performance

6/7/2018

O conceito de Alta Performance pode parecer muito claro, mas ao mesmo tempo muito subjetivo. Performance é um conceito mensurável? Quais os resultados efetivos de um profissional que se diz com Alta Performance? É possível aprender tais técnicas? Como?

 

     

Não é novidade que a engenharia é a ciência capaz de transformar o espaço físico através de pessoas e processos. Mas nem tudo é assim tão fácil, problemas e restrições surgem na mesma velocidade das soluções e além do conhecimento técnico, visão sistêmica e inteligência emocional são fundamentais para atingir os objetivos planejados. Logo, vem a tona uma palavra que nos acompanha desde sempre: Produtividade.

 

Para Picchi, a produtividade é relacionada com o desenvolvimento tecnológico, controle da qualidade e a forma de organização das equipes de produção.

 

Enfim, gestão da produtividade na construção civil tem por objetivo principal aumentar a eficiência da equação:

 

 

 

•    Reduzir perdas nos processos;

•    Planejar as atividades;

•    Padronizar a execução do serviço;

•    Treinar;

•    Organizar e otimizar o layout do canteiro;

•    Buscar novas tecnologias (técnicas construtivas, equipamentos, ferramentas e insumos);

•    Controlar a qualidade;

•    Quantificar das perdas e desperdícios, tanto nos insumos aplicados quanto na mão de obra utilizada;

•    Retroalimentar as informações obtidas no processo.

 

Quais as consequências de negligenciar alguma dessas etapas?

 

Acabam acontecendo perdas no processo. As perdas podem ser entendidas como desperdício de recursos humanos, de equipamentos e de insumos. Na tabela a seguir observe o exemplo e o impacto de cada tipo de perda na produção.

 

 

A importância da interiorização dos conceitos fica evidente, mas ainda mais importantes é incorporar tais práticas no seu canteiro de obras e na sua rotina de trabalho. Um Engenheiro de Alta Performance possui uma obra de Alta Performance e consequentemente:

 

•   Profissionais mais engajados

•   Agilidade na produção

•   Diminuição dos custos por perdas

•   Aumento da satisfação em trabalhar

•   Maior valor agregado para o cliente

 

Para ajudar você compartilhamos nesse post uma planilha em Excel de Planejamento de Médio Prazo da produção, na qual você poderá realizar:

 

•   Dimensionamento das Equipes

•   Acompanhamento da Produção

•   Identificação das Necessidades/ Restrições

 

Para baixar a planilha, CLIQUE AQUI.

 

Até a próxima!

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload