© 2017 por IBEN | Instituto Brasil de Educação e Negócios

Bahia | Brasil

(77) 3422-4160 | 3421-8571

  • fb_icon_325x325
  • instagram
  • twitter-logo_318-40459
  • Linkedin

Contato

BLOG

Porquê se dar bem com Lean Construction é mais fácil que você imagina

17/7/2018

A indústria da construção civil está diretamente relacionada com a transformação do espaço físico de um país, e representa uma parcela significativa da economia visto que movimenta um número muito grande de trabalhadores, serviços e matéria prima. Logo, um modelo de gestão que alinhe produtividade, planejamento e sustentabilidade consegue alcançar resultados satisfatórios para todos os envolvidos.

 

Foi no Japão pós II Guerra Mundial que o engenheiro Taiichi Ohno, então diretor da Toyota, implantou técnicas e ferramentas de gestão na empresa que revolucionariam de uma vez por todas a forma de conceber um rendimento de ALTA PERFORMANCE.

 

 

Conhecido como Lean Thinking, ou Pensamento Enxuto, a metodologia se caracteriza mais como a nova forma de pensar no trabalho, transforma todo o modo de produção em uma cadeia de valor direcionada para o resultado final satisfatório para o cliente.

 

Quais são os Princípios do Lean Thinking?

 

1. Identificar Valor

2. Mapear Fluxo de Valor

3. Implantar Fluxo Contínuo

4. Produção Puxada

5. Buscar a Perfeição

 

O finlandês Lauri Koskela adaptou esses conceitos para construção civil, postulando 11 princípios que propõem à indústria da construção um rendimento de alta performance. Com o objetivo principal de eliminar os desperdícios dos processos.

 

Quer saber quais são os tipos de perda que podem ocorrer dentro de um canteiro de obras? Confira no nosso último post: Como se tornar uma referência no mercado de Engenharia de Alta Performance.

 

 

Koskela (1999) afirma que a principal característica de uma teoria da produção é o método prescritivo, ou seja, deve revelar como ações contribuem para as metas de produção. Em geral existem três ações possíveis:

 

• Desenho do sistema de produção

• Controle do sistema de produção para realizar a produção pretendida

• Melhoria do sistema de produção

 

Em relação a produção por sua vez, Koskela (1999) classifica em três objetivos:

 

• Obter produtos.

• Metas relacionadas com as características da própria produção (ex: minimização dos

custos).

• Metas relacionadas às necessidades do cliente (ex: qualidade, confiabilidade).

 

Quais os benefícios reais de aplicar o Lean Construction?

 

•   Maximizar rendimento das atividades

•   Aumentar o controle das etapas

•   Reduzir as etapas para o produto final

•   Eliminar desperdícios

•   Melhorar o relacionamento com colaboradores e clientes

•   Aumentar a eficácia da gestão do empreendimento

 

Entre outras vantagens!

 

Se adaptar ao Lean Construction confere um avanço positivo para sua empresa e isso pode ser percebido diretamente na sua produtividade e rentabilidade.

 

Lembre-se:

 

Investimento em novas formas de trabalho, segurança e tecnologia não é um custo. Inclusive pode ser o aspecto que faltava para você conquistar os resultados que sempre quis.

 

O que você pensa sobre isso? Não deixe de contar pra gente! E caso o post tenha te ajudado, curta e compartilhe nas suas redes sociais!

 

Tem mais!!

 

Quer saber como padronizar os serviços na sua obra? Disponibilizamos um Procedimento de Execução de Serviço (PES) para Locação de Obra. CLIQUE AQUI para fazer o download!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload